Como é feito o

DIAGNÓSTICO

Neuropicopedagógico?

O começo do processo diagnóstico se dá com uma entrevista inicial realizada pelo neurosicopedagogo com o individuo que busca atendimento ou com os pais/responsáveis, para que a queixa seja apresentada (motivo pelo qual se buscou o apoio Psicopedagógico).

 

Nessa entrevista é relato tudo que ocorre e no caso de crianças é feita análise de trabalhos escolares ou laudos pré-existentes.


Depois da entrevista inicial, o diagnóstico clínico segue com sessões individuais com o individuo para a aplicação de testes cognitivos que irão buscar indícios de dificuldades ou distúrbios de aprendizagem. O numero de sessões pode variar de 5 a 12 sessões dependendo da idade e da complexidade do caso.


Após a identificação das causas das dificuldades ou distúrbios de aprendizagem, laudo com tudo que foi feito, conclusão do levantamento diagnostico e encaminhamentos é entregue na ultima sessão. 

Os encaminhamentos normalmente são para:

  • Tratamento com a neuropsicopedagoga para lidar com a dificuldade ou distúrbio encontrado

  • Tratamento psicológico

  • Tratamento com profissional da área de fonoaudiologia

  • Tratamento com neurologista